Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Destaque
Edital
Facto
Processo
Sem categoria

Professor do Ifes campus São Mateus desenvolve aplicativo para redes de solidariedade

13 de dezembro de 2017

 

Imagine um aplicativo para smartphone que pode ajudar instituições sem fins lucrativos e pessoas em momentos de necessidade. Pois isso aconteceu na prática. Na última semana, o município de Nova Venécia recebeu uma intensa quantidade de chuva, levando famílias a ficarem desabrigadas. À frente desta realidade, o aplicativo Connect Help lançou a campanha SOS Nova Venécia, para doação de alimentos, água, roupa e móveis para os desabrigados.

O novo aplicativo colaborativo foi lançado neste mês pelo professor Eduardo da Silva, do campus São Mateus do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). Com o lema “doando bem sem olhar a quem”, o ConnectHelp faz parte de uma rede de voluntariado, em que as pessoas podem fazer doações para instituições que necessitam de ajuda.

A ideia surgiu em maio de 2016, durante uma conversa com os alunos. O objetivo foi criar um aplicativo que conecte pessoas que gostam de ajudar e as instituições que necessitam de ajuda. Eduardo, em parceria com a professora Nágila Rabelo Moraes, convidou alguns alunos do instituto para participar do projeto.

“A comunidade tem abraçado a ideia com senso de pertencimento. Como parte do projeto. Isso tem nos mostrado que, embora a iniciativa tenha partido de nós, há uma grande possibilidade do ConnectHelp tomar vida própria a partir das interações e trabalho das pessoas que já se juntam para contribuir. ”, relata o professor.

No primeiro momento, são apresentados apenas projetos vinculados à Carita Diocesana de São Mateus, mas já existe a possibilidade de expansão para outras instituições. A escolha foi feita com a intenção de alcançar o maior número de moradores da região dispostos a ajudarem. O aplicativo está disponível para Android e a próxima meta é a disponibilização para iOS.

O ConnectHelp pode ser acessado pela conta do Google e o colaborador pode doar produtos, oferecer serviços ou buscar demandas abertas de projetos. É possível visualizar informações dos projetos, como objetivo, local de entrega e formas de contato. “O aplicativo trabalha com uma demanda de serviços ou produtos necessitados por uma instituição conectada à Cáritas. A seguir, esta demanda é publicada e pode ser visualizada pelos usuários do aplicativo. A partir daí temos a ligação entre doador com a sua doação e a instituição recebedora”, explica Eduardo.

 

 

Por Mariana Guimarães Tostes

Assessoria de Comunicação – FACTO